Virei líder mas sinto que ainda não estou preparado, o que devo fazer?

dica-da-semana

Isso é bastante corriqueiro nas organizações, muitos que recebem essa promoção não se acham aptos a desempenhar as funções de líder. Por mais que um profissional tenha se preparado a vida toda para assumir um cargo de chefia, a nova posição pede mudanças na postura que precisam ser trabalhadas progressivamente.

É absolutamente normal ficar apreensivo diante do novo. O primeiro passo para a boa execução de um cargo de liderança, é assimilar que você não é mais um colega para sua equipe. O seu papel profissional mudou – agora você tem que assumir a gestão da equipe de colaboradores que ontem foram seus colegas. O papel do líder não é mais importante que o papel de colaborador – é somente um papel com responsabilidades mais complexas e diferentes de um outro profissional.

De repente, tudo parece diferente – e é diferente. A liderança exige outros comportamentos e atitudes, e para muitas pessoas tudo é inédito na nova função.

Antes de se tornar líder, o sucesso se limita ao próprio crescimento. Quando você se torna líder, o sucesso depende do crescimento dos outros.

Como líder você deve adquirir uma nova forma de agir como profissional focando em três áreas de mudança:

  1. Assumir novas habilidades: deve aprender a planejar o trabalho, definir e atribuir tarefas, saber motivar, orientar, desenvolver e mensurar o trabalho dos outros.
  2. Realocar o uso do tempo: saber utilizar o tempo na gestão de pessoas e não em executar o próprio trabalho individual. Deve saber alocar tempo para receber e conversar com seus colaboradores, planejar e dar coaching aos profissionais. Planejar o seu tempo para gerir pessoas e não somente executar suas atividades. Manter-se disponível aos colaboradores.
  3. Assumir novos valores profissionais: aprender a dar valor pelo trabalho e resultado alcançado pelo grupo de colaboradores; realizar-se com o sucesso dos colaboradores diretos e não somente com os próprios feitos.

Quando se tornar líder você precisará praticar e aperfeiçoar suas novas habilidades. Em primeiro lugar, aprender a utilizar o seu tempo a favor dos seus colaboradores e reconhecer a importância de mudar seus valores, passar a dar importância e a realizar-se com as conquistas de sua equipe.

Com bom senso, autodesenvolvimento e profissionalismo, é possível contornar os problemas enfrentados normalmente pelos gestores de primeira viagem.

Como uma última observação, o novo líder deve cuidar de sua inteligência emocional, isto é, deve buscar seu autodesenvolvimento conhecendo-se melhor como pessoa e como profissional, conquistando sua segurança e confiança pessoal.