Seja BEM-VINDO 2016!

Seja-BENVINDO-2016

“Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dá a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça… ” Mario Quintana

Final de férias… trocar presentes ganhos, guardar as louças e porcelanas das comemorações em família, guardar os enfeites de Natal, organizar armários entulhados de roupas e acessórios, iniciar a agenda do 1º. mês do ano, voltar à academia, organizar a vida financeira com pagamentos de IPVA, IPTU, matrícula e material escolar…enfim , como diz o poeta, apenas recomeçar….

Nosso cenário econômico, social, politico e de mercado do ultimo ano nos trouxe muitos presentes e dádivas para compor nossa bagagem de mão para 2016, são eles:

  • Coragem para enfrentar o desafio do desconhecido, desbravar novos cenários, descobrir outras trilhas que nos levem ao destino almejado…
  • por acreditar que ainda temos homens idôneos, éticos e honestos que estão conduzindo nossas instituições, ainda intactas e funcionando, num ritmo ainda não desejável, mas estão funcionando.
  • Sabedoria para perceber que tudo está interligado e que nossa vida, pessoal e profissional, é um sistema de constelações que se compõem e se articulam mediante nossas reações frente aos acontecimentos.
  • Criatividade para solucionar problemas velhos e novos com menos recursos, apelando para a inovação de atitudes, ações e posturas.
  • Atitude positiva e Assertividade para lidar com situações ambíguas e complexas, mantendo a resiliência e cultivando relações que aumentem e ampliem o nosso poder pessoal nas interações mantidas na rede social.

Estamos iniciando nossas atividades de 2016 na OHL BRAGA com muito respeito pelos desafios do cenário atual, mas extremamente confiantes, e com que possuímos ferramentas, tecnologia e atitude interna para lidarmos com resiliência e criatividade sobre as questões de governança na gestão de pessoas no mundo corporativo de nossas empresas.

Temos todos uma excelente oportunidade para sair de nossa zona de conforto e fazer diferente… ir por outros caminhos e nos dar a permissão interior para dar respostas assertivas e não reativas… ir atrás dos objetivos focando a efetividade do comportamento, da atitude e dos relacionamentos … buscar enfim a felicidade pessoal e profissional através das conquistas e objetivos planejados.

Comecei citando Mario Quintana e gostaria de terminar com as palavras do Papa Francisco, em sua homilia de início de ano, onde comenta como podemos viver melhor e ser melhor para o mundo:

“Você pode ter defeitos, ser ansioso, e viver alguma vez irritado, mas não esqueça que a sua vida é a maior empresa do mundo. Só você pode impedir que vá em declínio. Muitos lhe apreciam, lhe admiram e o amam. Gostaria que lembrasse que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, uma estrada sem acidentes, trabalho sem cansaço, relações sem decepções. Ser feliz é achar a força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor na discórdia. Ser feliz não  incompreensões, períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista para aqueles que conseguem viajar para dentro de si mesmo. Ser feliz é parar de sentir-se vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas conseguir achar um oásis no fundo da nossa alma. É agradecer a Deus por cada manhã, pelo milagre da vida. Ser feliz, não é ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si. É ter coragem de ouvir um “não”. É sentir-se seguro ao receber uma crítica, mesmo que injusta. É beijar os filhos, mimar os pais, viver momentos poéticos com os amigos, mesmo quando nos magoam. Ser feliz é deixar viver a criatura que vive em cada um de nós, livre, alegre e simples. É ter maturidade para poder dizer: “errei”. É ter a coragem de dizer: “perdão”. É ter a sensibilidade para dizer: “eu preciso de você”. É ter a capacidade de dizer: “te amo”.

Que a tua vida se torne um jardim de oportunidades para ser feliz… Que nas suas primaveras seja amante da alegria. Que nos seus invernos seja amante da sabedoria. E que quando errar, recomece tudo do início. Pois somente assim será apaixonado pela vida. Descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Utilizar as perdas para treinar a paciência. Usar os erros para esculpir a serenidade. Utilizar a dor para lapidar o prazer. Utilizar os obstáculos para abrir janelas de inteligência. Nunca desista….Nunca renuncie às pessoas que lhes ama. Nunca renuncie à felicidade, pois a vida é um espetáculo incrível”. ( Papa Francisco).

Acreditamos neste espetáculo incrível que 2016 está nos apresentando e vamos utilizar nossa bagagem de mão cultivada no último ano para nos lançarmos e conquistarmos nossos objetivos. Seja benvindo 2016  e que nos traga muitas conquistas, novas descobertas e sabedoria interior para sermos pessoas mais humanas e mais justas e profissionais mais íntegros e eficazes.

Feliz 2016!

Fátima Ohl Braga