Carnaval e carreira: folia e experimentação de novos papéis!

 

Carnaval chegou! Hora de preparar a fantasia, escolher a melhor máscara, fazer a produção da maquiagem e escolher o bloco que melhor atende as expectativas de brincalhão.

Que bom que nos permitimos tirar uns dias para experimentarmos novas situações, novos papéis, novos ritmos e contextos diferentes. Realmente uma experiência mágica que deveríamos levar também para o nosso mundo real, no cotidiano de nossas ações.

Escolher ou produzir uma fantasia – no mundo corporativo fazemos isto quando focalizamos um papel que desejamos desempenhar profissionalmente. Nos preparamos com uma formação adequada que irá ancorar nosso futuro desenvolvimento – tecemos nossa fantasia, desenhamos a nossa carreira profissional pessoalmente, identificando todos os passos dessa trajetória.

Experimentar novos papéis – como seria bom se tivéssemos a mesma flexibilidade de nos despir de papéis da mesma forma que fazemos com as fantasias que trocamos sempre que mudamos de bloco carnavalesco. Engraçado a facilidade e assertividade que fazemos isso no carnaval! Não tememos as características de outros blocos – nos atiramos de corpo, alma e alegria com outra fantasia, desempenhando um outro papel tão alegre ou mais que o anterior.

Executar novos ritmos – o mergulho e a disposição que entramos e saímos de blocos diferentes com a mesma energia e samba no pé, também poderia ser comparada a forma de como entramos ou saímos de uma organização. Nos blocos tudo é alegria, festa, descontração – estamos por inteiro, de corpo e espírito. Não encontramos dificuldade em aprender novas coreografias, cantar novas melodias e partilhar as ruas com novos parceiros e integrantes.

Quem sabe essas mesmas atitudes também possam ser repetidas quando as situações no mundo do trabalho nos obrigarem ou nos convidarem a buscar novos desafios profissionais. Com certeza essas atitudes fazem parte do nosso portfólio comportamental porque elas sempre desabrocham no carnaval.

Fazer make up – A maquiagem de homens e mulheres, preparam seus rostos para a folia sempre com muita harmonia e consenso com a fantasia escolhida. No mundo do trabalho também é necessário esse cuidado quando conscientemente percebemos a importância que a nossa presença física, com nossa energia, entusiasmo e positividade em nossos rostos e atitudes contaminam e influenciam de forma positiva nosso ambiente de trabalho e nossos parceiros profissionais.

Que bom que o Carnaval chegou! Bora brincar, bora pular, bora viver intensamente! Que também possamos levar essa alegria, entusiasmo e flexibilidade para nossos papeis profissionais.